Últimas notícias do Brasil e do mundo, sobre política, economia, emprego, educação, saúde, meio ambiente, tecnologia, ciência, cultura e carros. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Pantone Fashion Color Trend 2024: A Paleta da Estação

Conheça as 10 cores de destaque e 5 novas clássicas. As cores são capazes de influenciar tudo ao nosso redor. E nesta estação, a seleção de cores da Pantone exibe as dez tonalidades proeminentes e as cinco novas clássicas fundamentais que vieram nas criações dos estilistas nesta fresca temporada de Primavera/Verão. Segundo os especialistas do Pantone® Color Institute, as cores dos desfiles da Primavera 2024 da NYFW trazem nuances nostálgicas, enquanto evocam transformações e abraçam uma postura mais otimista como estilo de vida. Uma sensação renovada de liberdade permeia essa paleta de cores evocativas e familiares, abrindo portas para explorar nosso potencial criativo e reimaginar o futuro. Decoração de casa inspirada nas cores pantone primavera 2024 Divulgação Com a auto expressão em destaque como desejo dominante na moda atual, essas cores evocam alegria e conforto, nos incentivando a nos envolver mais corajosamente com elas nesta nova era em que adentramos. "Para a Primavera 2024 da NYFW, as cores são inspiradas pela informalidade desinibida. Abrir as portas da imaginação e liberar nosso próprio espírito artístico único nos permite expressar a nós mesmos de maneiras novas e mais inventivas", diz Leatrice Eiseman, Diretora Executiva do Pantone® Color Institute. Ambiente cheio de vida e cores que impactam Divulgação "Essas cores trazem uma proporção harmoniosa de tons familiares com um espírito contemporâneo, representando uma nova interpretação dos tempos atuais, evocando memórias do passado enquanto lançam um olhar para o futuro, aguardando por um presente mais promissor." Os tons da próxima estação trazem aconchego e alegria Divulgação 1. PANTONE® 18-1355 TCX - Chá Rooibos: Um vermelho intenso com notas ricas e amadeiradas. 2. PANTONE® 17-1461 TCX - Laranja Avermelhado: Uma tonalidade laranja com doçura e um toque sutil de frutas cítricas. 3. PANTONE® 17-0220 TCX - Agrião: Um verde pimenta refrescante com uma presença jovial. 4. PANTONE® 15-1435 TCX - Flor do Deserto: Um rosa acolhedor e envolvente, florescendo sob o sol. 5. PANTONE® 15-4030 TCX - Azul Chambray: Um azul claro reminiscente do denim, energizado por uma vitalidade suave. 6. PANTONE® 14-3812 TCX - Lilás Pastel: Um tom suave e empoeirado de lavanda, evocando aromas doces. 7. PANTONE® 18-3932 TCX - Marlim: Um azul aquático, típico de águas tropicais e temperadas. 8. PANTONE® 12-0736 TCX - Gota de Limão: Uma cor com toque de açúcar, cheia de vivacidade. 9. PANTONE® 16-5938 TCX - Menta: Um verde mentolado refrescante, trazendo um sopro de ar puro. 10. PANTONE® 15-4722 TCX - Capri: Um azul vibrante, reminiscente das águas azuis de uma gruta Sinta a vibração das cores escolhidas pela Pantone para 2024 Divulgação Sobre as Cores Clássicas da NYFW Primavera 2024 11. PANTONE® 11-4001 TCX - Branco Brilhante: Um branco puro, nítido e fresco que sugere simplicidade e modernidade. 12. PANTONE® 14-1305 TCX - Cogumelo: Um neutro com nuances terrosas, equilibrando temperatura e tonalidade. 13. PANTONE® 14-4104 TCX - Gotícula do Norte: Um cinza de dia chuvoso, prometendo um respiro tranquilo. 14. PANTONE® 18-4006 TCX - Sombra Quieta: Um cinza nebuloso, oferecendo um abrigo protetor 15. PANTONE® 16-1317 TCX - Cerda: Um cáqui utilitário, integrando-se naturalmente ao ambiente Tons neutros nunca saem de moda e agregam sutileza aos espaços Divulgação As cores apresentadas no Relatório de Tendências de Cores da Moda Pantone®, a cada estação, são selecionadas do Sistema FHI Fashion, Home + Interiors, reconhecido como o padrão de cores mais amplamente utilizado na moda, têxteis, casa e design de interiores. E aí, que tal usá-las na sua casa?
Wed, 24 Jan 2024 03:01:21 -0000
Uma azeitona, pacote de balas e sorvete: tiktoker analisa últimas refeições pedidas por condenados ao corredor da morte

Histórias sobre a última refeição de condenados à morte viraram assunto na rede social. Veja alguns pedidos curiosos. Tiktoker analisa últimas refeições pedidas por condenados ao corredor da morte Considerado pela ONU um meio cruel e desumano de punição, a pena de morte ainda existe em mais de 50 países da Ásia, do Oriente Médio, da África e da América do Norte. Nos Estados Unidos é costume que esses prisioneiros recebam uma última refeição à sua escolha. Na realidade, a refeição é servida um ou dois dias antes da execução e existem algumas limitações. Por exemplo, o álcool e o tabaco são frequentemente negados. O orçamento varia por estado e também existem algumas regras sobre quem pode comparecer à última refeição. As últimas refeições pedidas por condenados no país viraram tema para os vídeos do tiktoker Josh Slavin. Na rede social, ele recria os pratos e, após experimentar, faz um ranking dos melhores na opinião dele. O jovem procurou saber quem eram os condenados, quais crimes haviam cometido e onde estavam presos. Ele conta todos esses detalhes nos vídeos. Últimas refeições curiosas Sem dúvida o pedido mais inusitado mostrado na conta de Josh foi o de Victor Feguer, que fez um pedido único: uma única azeitona sem caroço. Gerald Mitchell, executado em 2001 pelo assassinato de dois jovens também fez um pedido inesperado. Para sua última refeição, ele pediu apenas um pacote de balas Jolly Ranchers variados. Outro caso curioso foi de Ronnie Gardner, condenado à morte depois de matar dois homens. Sua última refeição foi um banquete de bife, rabo de lagosta, torta de maçã, sorvete de baunilha e refrigerante. Em 1995, Timothy McVeigh estacionou um caminhão armado com 5.000 explosivos em frente a um prédio federal em Oklahoma. Mais tarde, naquele dia, a bomba explodiu matando 168 pessoas e ferindo quase 700. Seu pedido foi simples: 2 litros de sorvete de menta e chocolate. Sobreviventes de execução Kenneth Smith, um homem de 58 anos condenado à pena capital no estado do Alabama, nos Estados Unidos, pode ser asfixiado esta semana por gás nitrogênio, um método que nunca foi usado no país. Já houve uma tentativa de executar Smith antes: em novembro de 2022, ele foi submetido à execução com injeção letal, mas não conseguiram inserir uma seringa na veia dela para introduzir o veneno. Só há três pessoas vivas nos EUA que sobreviveram a uma tentativa de execução, e ele é uma delas. Alan Miller, que foi submetido a uma tentativa de execução em setembro de 2022 é o outro sobrevivente. Ainda há um terceiro caso famoso: Romell Broom, que sobreviveu após 18 tentativas com injeção letal em 15 de setembro de 2009 (ele morreu em 2020 de Covid). Autoridades escoltam Alan Eugene Miller, condenado à morte, em 5 de agosto de 1999 Dave Martin/AP/Arquivo LEIA TAMBÉM: "Meu corpo está simplesmente 'quebrando', continuo perdendo peso", diz Smith após primeira tentativa de execução Método de asfixia por nitrogênio é cruel até para animais, defendem médicos Qual país mais aplica pena de morte? g1 explica Pena de morte: por que o Estado que mais executou prisioneiros na história dos EUA decidiu acabar com punição capital
Wed, 24 Jan 2024 03:01:20 -0000
Ao menos 17 clientes entram com ações contra construtora suspeita de vender o mesmo imóvel para até quatro pessoas no RS

Entidades da construção civil temem uma crise no mercado imobiliário de Santa Maria, na Região Central. Trabalhadores que atuavam na empresa já procuraram advogados para buscar direitos. Condomínio de Santa Maria é alvo de investigações Reprodução/RBS TV Pelo menos 17 vítimas já entraram com ações indenizatórias na Justiça contra a Conceitual Construtora, empresa suspeita de vender os mesmos imóveis para mais de uma pessoa em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. Os compradores lesados já criaram até mesmo uma associação, que reúne cerca de 40 membros. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Os familiares do antigo dono da Conceitual Construtora, Paulo Bertoldo Moura, morto em novembro de 2023, dizem que tomaram conhecimento da situação da empresa somente após a morte do empresário. Agora, eles fazem uma análise financeira detalhada para determinar quais medidas jurídicas serão adotadas em breve. A suspeita é de que algumas propriedades têm até quatro compradores diferentes. Entidades da construção civil temem uma crise no mercado imobiliário da região. "A gente não tem conhecimento no Brasil de um volume tão grande assim de pessoas que compraram e tiveram esse problema", afirma Samir Samara, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) de Santa Maria. Segundo o presidente do sindicato, é recomendável pesquisar fatores sobre a empresa antes de fechar o negócio, como o histórico de entrega de imóveis no prazo prometido e a aprovação da prefeitura nos órgãos competentes. Na sede da Conceitual Construtora, a placa da fachada já foi retirada. A empresa, atuava há mais de uma década na cidade e tinha quatro edifícios sendo construídos em Santa Maria. Trabalhadores também foram lesados Depois que o dono da construtora morreu, em novembro, os funcionários dizem que seguiram vindo nas obras para cumprir expediente e aguardavam orientação. Sem receber demandas ou salários, eles pararam de trabalhar. Cerca de 40 pessoas procuraram advogados trabalhistas para cobrar salários e direitos, como pagamento de férias e rescisão. "São trabalhadores humildes, de famílias com poucas condições financeiras, então a nossa preocupação enquanto advogados trabalhistas foi de garantir o mínimo para que eles possam dar sequência na vida deles e posteriormente a gente vai discutindo essas outras verbas trabalhistas”, comenta Antônio Camargo, advogado trabalhista que acompanha as solicitações dos trabalhadores. Os trabalhadores também encaminharam ações judiciais para dar baixa nas carteiras de trabalho. VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Wed, 24 Jan 2024 03:01:16 -0000
Estelionatária de luxo: Quem é a mulher acusada de causar prejuízo de mais de R$ 1 milhão em mais de 30 vítimas no ES

Jhose Campos Alves, de 45 anos, é acusada de estelionato em bairro nobre de Vitória com dezenas de vítimas e prejuízo superior a R$ 1 milhão. Na casa onde ela estava, polícia apreendeu quadros e peças de decoração. Jhose Campos Alves, de 45 anos, se tornou ré e vai responder a um processo penal por crimes de estelionato na Justiça o Espírito Santo, Reprodução/Redes sociais A mineira Jhose Campos Alves, de 45 anos, se tornou ré e vai responder a um processo penal por crimes de estelionato na Justiça do Espírito Santo, que também decidiu que ela deve permanecer presa. De acordo com a Polícia Civil, a mulher é conhecida por ser uma das principais estelionatárias da capital e mantinha um estilo de vida luxuoso. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram Mansão em que Jhose foi presa está localizada em bairro nobre de Vitória Jhose foi presa no dia 7 de dezembro em uma mansão localizada na Ilha do Boi, bairro nobre de Vitória. Ainda segundo a polícia, no dia da prisão foram apreendidos móveis, itens de decoração, roupas e 13 telas de pintura na casa em que Jhose estava (veja fotos acima). O advogado Marcos Giovani Correa Felix, representante da ré, disse ao jornalismo da Rede Gazeta que as ações praticadas pela suspeita não podem ser consideradas estelionatos, mas "desacordo comercial". “A conduta dela se amolda melhor ao desacordo comercial. Estelionato é quando a pessoa engana a vítima, mas a Jhose compra, paga uma entrada, algumas parcelas, e não consegue terminar de pagar. É um desacordo comercial”, disse Felix. A defesa disse ainda a cliente sofre com uma doença chamada oniomania, transtorno caracterizado pelo comportamento repetitivo de comprar e gastar descontroladamente, havendo uma falha em resistir a esse impulso (leia a explicação da defesa no final da reportagem). 📲 Clique aqui para seguir o canal do g1 ES no WhatsApp Modo de agir Segundo a polícia, Jhose Campos Alves ostentava uma vida de luxo por meio de estelionatos Reprodução/Redes sociais Nas redes sociais, Jhose se apresentava como Josi Grand ou Josi Grand Buaiz, sobrenomes de famílias tradicionais do Espírito Santo. De acordo com as investigações, a mulher realizava as compras com cheques sem fundo ou alegava não ter crédito no cartão e, em seguida, dizia estar passando por problemas financeiros e dizia que não teria como pagar. Foi assim que Jhose teve acesso aos produtos encontrados na mansão onde ela morava. LEIA TAMBÉM: Mulher que aplicava golpes é presa em mansão na Ilha do Boi e levava vida de luxo no ES Ainda segundo a polícia, a estimativa é de que existam mais de 30 vítimas, envolvendo moradores da Praia do Suá, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Luíza, Praia do Canto, Ilha do Frade, Ilha do Boi e Barro Vermelho, todos em Vitória. A polícia também informou que existe uma investigação em andamento por meio do 7º Distrito Policial de Vila Velha que apura possíveis crimes cometidos pela acusada na época em que ela morava no bairro Ponta da Fruta, em Vila Velha, Grande Vitória. Além disso, Jhose também é suspeita de ter cometidos crimes no estado de origem e na Bahia. O que diz a defesa Jhose Campos Alves, de 45 anos, também é suspeita de ter cometidos crimes em Minas Gerais e na Bahia Divulgação/Polícia Civil Segundo o seu advogado de defesa, Marcos Giovani Correa Felix, o perfil dela em redes sociais foi criado por um funcionário dela. “Na brincadeira, ele utilizou um nome e, posteriormente, ela tentou mudar, mas as redes sociais exigem um prazo para a troca, o que acabou não acontecendo”, disse. Estelionatos no Brasil mais que quadruplicam em cinco anos Felix disse que, em um primeiro momento, a estratégia foi tentar reverter a prisão de Jhose informando à Justiça que a cliente tem problemas de saúde e precisa de acompanhamento médico. “Ela é diabética, fez bariátrica, tem problemas de coração e de pressão alta. No presídio, ela já teve três episódios de crises de hipertensão. Também sofre com problemas na coluna e toma remédios controlados. Precisa de atenção para a sua saúde. E como foi mantida presa, solicitei ao juiz que o presídio comprove que ela está recebendo o atendimento médico adequado”, relatou. Em paralelo, o profissional destacou que o processo está no início e que vai apresentar as argumentações em defesa de Jhose, entre elas o transtorno oniomania. De acordo coma defesa, a acusada tem oniomania. Reprodução/Redes sociais Segundo o advogado, Jhose já iniciou tratamento com psiquiatra, que foi paralisado, e que, no momento da prisão, estava com consultas agendadas. Na avaliação dele, as ações praticadas por Jhose não podem ser consideradas estelionatos. O advogado destacou ainda que as supostas vítimas de Jhose não fizeram consulta de crédito, levantamento de CPF, um contrato de compra e venda. Mulher que aplicava golpes é presa em mansão na Ilha do Boi, em Vitória. TV Gazeta LEIA TAMBÉM: Polícia investiga fraude que pode ter causado R$ 500 milhões em prejuízo no ES Suspeitos de estelionato no Espirito Santo são presos em Minas “As pessoas vendem por confiança, ela consegue satisfazer a compulsão dela e depois não consegue pagar. É um desacordo comercial”, finalizou. VÍDEOS: tudo sobre o Espírito Santo Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo
Wed, 24 Jan 2024 03:01:14 -0000
+Milionária pode pagar R$ 128 milhões nesta quarta-feira

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas, pelo site da Caixa Econômica Federal ou pelo aplicativo do banco. Volantes do concurso +Milionária, da Caixa Econômica Federal. Marcello Casal Jr/Agência Brasil O concurso 115 da +Milionária pode pagar um prêmio de R$ 128 milhões para quem acertar seis dezenas e dois trevos. O sorteio ocorre às 20h desta quarta-feira (24), em São Paulo. No concurso do último sábado (20), ninguém levou o prêmio máximo. A aposta mínima para a +Milionária custa R$ 6 e pode ser realizada até as 19h em casas lotéricas, pelo site da Caixa Econômica Federal ou pelo aplicativo do banco. A +Milionária soma dois sorteios semanais: às quartas e sábados. +Milionaria: veja como jogar na nova loteria da Caixa Sobre a +Milionária As chances de vencer na loteria são ainda menores do que na Mega-Sena tradicional: para levar o prêmio máximo, é preciso acertar seis dezenas e dois “trevos”. (veja no vídeo acima) O valor de uma aposta simples é de R$ 6. Com ela, o apostador pode escolher 6 números de 50 disponíveis e mais 2 trevos, dentre os seis disponíveis. Para apostas múltiplas, é possível escolher de seis a 12 números e de dois a seis trevos, com preços que podem chegar a R$ 83,1 mil. A +Milionária se destaca por oferecer o prêmio principal mínimo de R$ 10 milhões por sorteio e por possuir dez faixas de premiação. Saiba mais aqui.
Wed, 24 Jan 2024 03:00:30 -0000
Milei enfrenta primeira paralisação geral na Argentina nesta quarta-feira; Gol e Latam cancelaram voos

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros. Os sindicalistas são contra os planos econômicos do governo. Governo diz que população é contra paralisação. Congresso da Argentina analisa pacote de ajuste fiscal de Milei com alterações O novo presidente da Argentina, Javier Milei, enfrenta nesta quarta-feira (24) a primeira paralisação geral desde que assumiu o governo, em dezembro. Com o lema "o país não está à venda", a paralisação geral foi convocada pela Confederação Geral do Trabalho (CGT), a maior central sindical do país, a partir do meio-dia (mesmo horário em Brasília), por um período de 12 horas. A Confederação de Trabalhadores Argentinos (CTA), segunda maior central sindical, também aderiu, assim como setores do peronismo. Trabalhadores do transporte aéreo anunciaram adesão ao movimento, o que causou o cancelamento de voos programados, entre eles 33 voos da Gol e da Latam, o que causa impacto a turistas brasileiros e argentinos. Bancos não funcionarão. Ônibus, trens e metrô devem operar até as 19h, e então parar até a meia-noite, para que as pessoas consigam chegar às manifestações programadas. Caminhoneiros também aderiram. Contra as medidas econômicas O objetivo é protestar contra o "decretaço", uma Medida Provisória que faz diversas modificações na economia e nas leis trabalhistas e outros setores, e contra a chamada lei omnibus, projeto de lei prevê "superpoderes" para Milei e prevê a privatização de empresas estatais, entre outras questões. As duas precisam de aval do Congresso —a diferença é que o "decretaço", por ser uma Medida Provisória, já está em vigor. Ao menos uma das manifestações, a propósito, se concentrará em frente ao Congresso, de forma a pressionar os deputados e senadores a não aprovar as leis. Ao contrário do que planejava inicialmente, o governo Milei tem cedido em alguns pontos para aprovar a lei omnibus. A ministra da Segurança, Patricia Bullrich, que testou em dezembro seu “protocolo antipiquetes”, contra os bloqueios de vias, afirmou que vai voltar a empregar a mesma tática: só se permite que os manifestantes fiquem nas calçadas. Em dezembro não funcionou, e polícia e manifestantes entraram em confronto em Buenos Aires em um protesto contra as medidas de Milei. É a primeira vez desde 2019 que a CGT promove uma paralisação geral —o último foi no governo de Mauricio Macri, de direita. A CGT não promoveu paralisações no governo de Alberto Fernandéz, de esquerda. Reação do governo Milei O porta-voz do governo de Milei, Manuel Adorni, disse que a população argentina é contra a paralisação e que não se sabe ao certo qual é a motivação dos grevistas. Para ele, a CGT está "do lado errado da história" e que nos últimos anos os trabalhadores perderam liberdade. "Quem quiser trabalhar deveria poder trabalhar, e quem quiser parar, pode parar, mas sem atrapalhar a vida dos outros", afirmou ele. O governo afirmou que vai descontar o pagamento dos funcionários públicos que participarem da manifestação. Isso não acontecerá em todos os lugares; na província de Buenos Aires, que é governada por um político de esquerda, Axel Kicillof, os trabalhadores do Estado que pararem não terão desconto. Kicillof afirmou que vai respeitar o direito de greve. Manifestantes em frente à residência oficial do presidente da Argentina, em Olivos, em 23 de janeiro de 2024 Luis Robayo / AFP
Wed, 24 Jan 2024 03:00:24 -0000
Motorista por app reage a assalto com carro em movimento, 'fecha' moto e derruba ladrões, que batem em veículo parado; VÍDEO

Caso foi registrado por duas câmeras acopladas no carro. Situação ocorreu em Osasco, na Grande SP, na madrugada de terça-feira (16) e viralizou nas redes sociais. Ladrões tentam abordar motorista por app e são derrubados em Osasco Um motorista por aplicativo evitou um roubo ao derrubar uma dupla de ladrões de moto na região do bairro Rochedale, em Osasco, na Grande São Paulo, enquanto o carro ainda estava em movimento. O vídeo viralizou nesta terça-feira (23). O caso ocorreu na madrugada de terça e foi registrado por duas câmeras acopladas no veículo (assista acima). Ao g1, o motorista, de 52 anos, que não será identificado, contou que levava um passageiro para a região quando dois homens em uma moto, que já tinham passado perto dele, anunciaram o assalto. Era cerca de 3h da madrugada, e eles estavam na Rua Águas de São Pedro. “Se fosse me abordar com arma na mão, eu nunca faria isso. Reagir não é legal. Eles [criminosos] já chegam de supetão. Mas eu já vi eles vindo. Acharam que eu ia parar, mas não pensei duas vezes, não fiquei com medo, não teve adrenalina nem nada. Só dei um ‘rabo de arraia’ neles e foram para a lona”, diz. Os vídeos registraram quando o motorista e o passageiro conversavam. Sem espaço entre a moto e o carro depois de anunciarem o crime, a dupla não conseguiu desviar de outro automóvel estacionado e bateu. As vítimas seguiram o trajeto e poucos minutos depois se depararam com uma viatura da Polícia Militar. No entanto, o caso não foi comunicado à PM e nem foi feito boletim de ocorrência. “Não pensei em nada. Só foi muito rápido. Saí dali meio que cantando o pneu, conheço tudo ali. Eu devia ter voltado com a viatura, mas estava com passageiro, fica meio complicado. Aí levei o passageiro [para o destino]”, lembra. Motorista por app em tentativa de assalto em SP Arquivo pessoal O motorista contou que trabalha como motorista por aplicativo desde 2020, quando ficou desempregado. Ele disse que essa foi a primeira vez que passou por uma tentativa de assalto na função. O carro, que é alugado com pagamento semanal, ganhou alguns riscos e ficou com um amassado na lateral. O caso deverá ser registrado na delegacia e investigado nos próximos dias pela Polícia Civil. Por telefone, a Secretaria da Segurança Pública afirmou que é importante que casos semelhantes sejam registrados. Com os dados, as forças policiais conseguem remanejar efetivo e apurar as situações. A pasta aconselhou que nunca se reaja a assaltos. Os dados da SSP apontam que, até novembro de 2023, foram registrados 33.890 roubos e 86.735 furtos de veículos no estado. Os números consolidados de dezembro e do ano passado completo ainda não foram divulgados. Em todo o ano de 2022, 41.721 veículos foram roubados e 96.662, furtados. Considerando-se apenas as cidades da Grande São Paulo, e excluindo a capital, foram 11.211 roubos de veículos e 22.093 furtados até novembro de 2023. Em 2022, foram 25.038 registros de veículos furtados em 12 meses, e 14.596 roubados.
Wed, 24 Jan 2024 03:00:21 -0000
Procuradoria do Alabama diz que executar condenado por asfixia com nitrogênio é método 'sem dor e humano', e críticos reagem; execução está marcada para 5ª

Kenneth Smith, um homem de 58 anos condenado à pena de morte, é uma das duas pessoas vivas nos Estados Unidos que sobreviveram a tentativas de execução. O estado do Alabama prevê em documentos judiciais federais que o gás de nitrogênio "causará inconsciência em segundos e provocará a morte em minutos". Estado do Alabama, nos EUA, deve executar homem com método considerado cruel O estado do Alabama pretende amarrar Kenneth Smith a uma maca e usar uma máscara de gás para substituir o ar respirável por nitrogênio, asfixiando-o, na primeira tentativa de execução nos Estados Unidos com esse método. A execução está marcada para quinta-feira (25). ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp O escritório do procurador-geral do Alabama informou aos juízes do tribunal de apelações federais na semana passada que a asfixia por nitrogênio é "o método mais indolor e humano de execução conhecido pelo homem". No entanto, o que exatamente Smith, 58 anos, sentirá depois que o diretor da prisão ligar o gás é desconhecido, segundo alguns médicos e críticos. Smith matou uma mulher em março de 1988. O assassinato foi encomendado pelo marido dela, um pastor, segundo a acusação. O marido se suicidou. "Qual será o efeito que a pessoa condenada sentirá do próprio gás de nitrogênio, ninguém sabe", escreveu o Dr. Jeffrey Keller, presidente do Colégio Americano de Médicos Correcionais, em um e-mail. "Isso nunca foi feito antes. É um procedimento experimental." Keller, que não esteve envolvido no desenvolvimento do protocolo do Alabama, afirmou que o plano é "eliminar todo o oxigênio do ar" que Smith está respirando, substituindo-o por nitrogênio. "Como a pessoa condenada não estará respirando nenhum oxigênio, ela morrerá", disse Keller. "É um pouco diferente de colocar um saco plástico sobre a cabeça de alguém." Kenneth Smith, homem condenado à pena capital no estado do Alabama, nos EUA Reuters Morte em minutos O estado do Alabama prevê em documentos judiciais federais que o gás de nitrogênio "causará inconsciência em segundos e provocará a morte em minutos". Após Smith ser preso à maca na câmara de execução, o estado afirmou em uma petição judicial que colocará um "respirador de ar tipo-C", um tipo de máscara normalmente usada em ambientes industriais para fornecer oxigênio vital, sobre o rosto de Smith. O diretor da prisão então lerá o mandado de morte e perguntará a Smith se ele tem alguma última palavra antes de ativar "o sistema de asfixia por nitrogênio" de outra sala. O gás nitrogênio será administrado por pelo menos 15 minutos ou cinco minutos após a ausência de sinais vitais no eletrocardiograma, "o que for durar mais", de acordo com o protocolo estadual. Método não aceitável A Associação Médica Veterinária Americana escreveu em diretrizes de eutanásia de 2020 que a asfixia por nitrogênio não é um método aceitável de eutanásia para a maioria dos mamíferos porque o ambiente anóxico "é angustiante". E especialistas nomeados pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU alertaram que acreditam que o método de execução pode violar a proibição de tortura. Joel Zivot, um anestesiologista que foi um dos quatro profissionais que apresentaram a reclamação na ONU, disse que Smith está em risco de convulsões e asfixia com o próprio vômito. Ele afirmou que qualquer vazamento sob a máscara poderia prolongar a execução. "Um vazamento fará duas coisas. Isso potencialmente colocará em perigo as pessoas ao redor. ... O ar também poderia entrar sob a máscara", disse Zivot. "E assim a execução poderia ser prolongada ou talvez ele nunca morra, apenas poderia se machucar." Muito do que é registrado sobre a morte por nitrogênio vem de acidentes industriais - onde vazamentos ou confusões com cilindros mataram pessoas - e de tentativas de suicídio. No total, 80 pessoas foram mortas por asfixia por nitrogênio entre 1992 e 2002. LEIA MAIS "Meu corpo está simplesmente 'quebrando', continuo perdendo peso", diz Smith após primeira tentativa de execução Método de asfixia por nitrogênio é cruel até para animais, defendem médicos Pena de morte: por que o Estado que mais executou prisioneiros na história dos EUA decidiu acabar com punição capital Tentativa de impedir a execução Os advogados de Smith estão pedindo aos tribunais que impeçam a execução por nitrogênio, argumentando que é inconstitucional para o estado fazer uma segunda tentativa de executá-lo e que seu plano viola a proibição de castigos cruéis pelo menos merece maior análise antes de ser usado. "É indefensável para os funcionários do Alabama simplesmente ignorar os riscos muito reais que esse método não testado apresenta e experimentar com um homem que já sobreviveu a uma tentativa de execução", disse Robin M. Maher, diretora executiva do Death Penalty Information Center. A Comunidade de Sant'Egidio, uma organização católica ligada ao Vaticano e sediada em Roma, pediu nesta terça-feira (23) que o Alabama não siga adiante com a execução, afirmando que o método escolhido é "bárbaro" e "incivilizado" e traria "vergonha indelével" ao estado. O escritório do procurador-geral do Alabama observou que Smith, ao contestar anteriormente a injeção letal, havia sugerido o nitrogênio como um método alternativo de execução. Os tribunais exigem que os presos que contestam seu método de execução sugiram um método alternativo. "Agora que o Estado está preparado para dar a Smith o que ele pediu, ele se opõe", disse o escritório do procurador-geral em um comunicado na segunda-feira (22). O conselheiro espiritual do detento disse que Smith está com medo do que está prestes a acontecer com ele. "Atualmente, Kenny está doente, profundamente aflito e horrorizado com o experimento de hipoxia por nitrogênio que está por vir", disse o reverendo Jeff Hood, um oponente da pena de morte. "Apesar da escuridão a que desceu, ele tenta muito preencher cada segundo que pode ter deixado com o máximo de amor que pode reunir." Vários protestos estão planejados no estado. Um grupo de líderes religiosos entregou uma petição à governadora do estado na segunda-feira pedindo que ela interrompa a execução. "Prisioneiros não são cobaias", disse o reverendo Shane Isner nos degraus do Capitólio. A governadora do Alabama, Kay Ivey, disse à Associated Press na semana passada que o estado estava pronto para prosseguir. "A execução por esse método foi aprovada em 2018", disse Ivey. "O escritório do procurador-geral e o Departamento de Correções nos garantiram que todos os protocolos estão em vigor, e cumpriremos essa lei." Tentativa de aplicação de injeção letal Em 17 de novembro de 2022, Smith sobreviveu a uma tentativa de execução por injeção letal. Ele ficou amarrado em uma maca por mais de uma hora enquanto policiais tentavam, sem sucesso, encontrar uma veia boa o suficiente para receber o veneno. À Justiça, a defesa diz que Smith sentiu dor física e psicológica e desenvolveu transtorno de estresse pós-traumático. A defesa diz ainda que o condenado à morte está sendo submetido como "cobaia" a um método novo e experimental. "Depois da primeira tentativa torturante de executar Kenny Smith por injeção letal falhar, o Alabama agora planeja tentar de novo", escreveu Bryan Stevenson, diretor-executivo da ONG Equal Justice Initiative. A Anistia Internacional também instou o estado do Alabama a não executar Smith. Um dos argumentos é que ele chegou a ser absolvido em um júri popular por 11 votos a 1, mas a sentença foi anulada posteriormente pela Justiça. LEIA TAMBÉM: Entenda o que pode acontecer a partir dos tópicos abaixo: O que é hipóxia por nitrogênio? Ineditismo Como funciona a execução? O que o estado do Alabama pretende fazer? Quais são as críticas? A execução pode ser adiada? O que é hipóxia por nitrogênio? A execução por hipóxia por nitrogênio causaria a morte ao forçar o detento a respirar nitrogênio puro, privando-o do oxigênio necessário para manter as funções corporais. Ineditismo Nenhum estado usou a hipóxia por nitrogênio para cumprir uma sentença de morte. Em 2018, Alabama se tornou o terceiro estado — junto com Oklahoma e Mississippi — a autorizar o uso de gás nitrogênio para executar prisioneiros. Alguns estados estão buscando novas formas de executar detentos porque as drogas usadas em injeções letais, o método mais comum de execução nos Estados Unidos, estão cada vez mais difíceis de encontrar. Como funciona a execução? O nitrogênio, um gás incolor e inodoro, constitui 78% do ar inalado pelos humanos e é inofensivo quando respirado com os níveis adequados de oxigênio. A teoria por trás da hipóxia por nitrogênio é que a alteração da composição do ar para 100% de nitrogênio fará com que Smith perca a consciência e, em seguida, morra por falta de oxigênio. Muito do que está registrado em revistas médicas sobre a morte por exposição ao nitrogênio vem de acidentes industriais —onde vazamentos ou confusões com nitrogênio mataram trabalhadores— e tentativas de suicídio. O que o estado do Alabama pretende fazer? Após Smith ser preso à maca na câmara de execução, o estado afirmou em uma petição judicial que colocará um "respirador de ar tipo-C", um tipo de máscara normalmente usada em ambientes industriais para fornecer oxigênio vital, sobre o rosto de Smith. O diretor da prisão então lerá o mandado de morte e perguntará a Smith se ele tem alguma última palavra antes de ativar "o sistema de asfixia por nitrogênio" de outra sala. O gás nitrogênio será administrado por pelo menos 15 minutos ou cinco minutos após a ausência de sinais vitais no eletrocardiograma, "o que for durar mais", de acordo com o protocolo estadual. O escritório do procurador-geral do Alabama disse à Justiça que o gás nitrogênio "causará inconsciência em questão de segundos e causará a morte em questão de minutos". Quais são as críticas? Os advogados de Smith afirmam que o estado está tentando torná-lo "cobaia" para um novo método de execução. Eles argumentaram que a máscara que o estado planeja usar não é totalmente fechada e a entrada de oxigênio poderia sujeitá-lo a uma execução prolongada, possivelmente deixando-o em estado vegetativo em vez de matá-lo. Um médico que testemunhou em favor de Smith disse que o ambiente de baixo oxigênio poderia causar náuseas, levando Smith a sufocar com seu próprio vômito. Peritos nomeados pelo Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas alertaram no início deste mês que, para eles, o método de execução por asfixia com uso de nitrogênio violaria a proibição de tortura e de outras penas cruéis, desumanas ou degradantes. A Associação Médica Veterinária Americana escreveu em diretrizes de eutanásia em 2020 que a hipóxia por nitrogênio pode ser um método aceitável de eutanásia sob certas condições para porcos, mas não para outros mamíferos, pois cria um "ambiente que é angustiante para algumas espécies". A execução pode ser adiada? A questão de se a execução poderá ser adiada poderá ser levada à Suprema Corte dos EUA. O 11º Tribunal de Apelações dos EUA ouviu argumentos na sexta-feira (19) no pedido de Smith para impedir a execução. Após a decisão do tribunal, qualquer lado poderia apelar à Suprema Corte.
Wed, 24 Jan 2024 03:00:20 -0000
Vídeo mostra momento em que homem atropela namorado da ex em MG

Caso aconteceu em Barbacena, na madrugada da terça-feira (23). Suspeito fugiu logo após o crime, que é investigado pela Polícia Civil. Vídeo mostra homem atropelando namorado da ex durante discussão em MG A Polícia Civil informou que instaurou inquérito para apurar o atropelamento de um homem de 24 anos no Bairro Bom Pastor, em Barbacena. Ele foi atingido na madrugada da terça-feira (23). Um vídeo mostra a ação do suspeito, que tenta passar por cima do rapaz caído na rua. Assista acima. O motorista também engata a ré algumas vezes e manobra para cima da calçada. A vítima é o atual namorado de uma mulher de 30 anos, ex-companheira do suspeito de dirigir o carro, de 44 anos. O rapaz foi socorrido e encaminhado para atendimento hospitalar com fratura na perna. Como o nome dele não foi informado, o g1 não conseguiu atualizações sobre o estado de saúde dele. Já o atropelador fugiu e seguia sendo procurado pela polícia. Homem atropela namorado da ex em rua de Barbacena Flagrante BQ/Reprodução Suspeito acompanhou movimentação do casal De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher contou que estava em uma lanchonete com o atual companheiro e o filho, quando viu o ex passando na rua e os observando. No momento em que voltava para casa, ela viu que o veículo do suspeito estava estacionado nas imediações. 🔔 Receba no WhatsApp notícias da Zona da Mata e região Ela chegou a conversar com o ex e depois deixou o filho na casa da mãe, que também mora próximo ao local do ocorrido. Ao retornar, viu os homens discutindo. Momentos depois, o suspeito acelerou o carro e foi em direção à vítima, que se posicionou próximo ao portão de uma casa. A vítima foi atingida, caiu ao chão e, quando se levantou, foi novamente atropelada. Ela, então, correu para o interior da residência. As investidas do agressor só cessaram depois que o veículo ficou danificado, e o portão da casa foi derrubado, o que impediu a passagem do carro. A polícia informou que tanto o vídeo quanto depoimentos farão parte do processo. LEIA TAMBÉM: BARBACENA: Homem atropela atual namorado da ex diversas vezes em MG TRÂNSITO: Motorista erra trajeto e bate em ônibus urbano na Avenida Rio Branco, em Juiz de Fora; VÍDEO JUSTIÇA: Costureira será indenizada em R$ 200 mil após explosão causada por botijão de gás dentro de casa 📲 Siga o g1 Zona da Mata: Instagram, Facebook e Twitter 📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Zona da Mata VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campo das Vertentes
Wed, 24 Jan 2024 03:00:18 -0000
Polícia Federal prende suspeitos de extorquir servidor de prefeitura em MG

Segundo delegado, suspeitos exigiam propina de parte de uma verba federal que foi destinada à Prefeitura Municipal de Divinópolis. A própria vítima acionou a corporação. Prefeitura Municipal de Divinópolis Prefeitura/Divulgação A Polícia Federal (PF) prendeu quatro suspeitos de extorquir um servidor comissionado da Prefeitura Municipal de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, na noite desta terça-feira (23). A própria vítima acionou a corporação. Segundo o delegado Daniel Souza, os criminosos exigiam propina de parte de uma verba federal que foi destinada ao município. Eles alegavam que o recurso teria sido obtido por intermédio deles junto ao Ministério da Cultura. Após a denúncia do trabalhador, a PF iniciou diligências e conseguiu efetuar as prisões. De acordo com a instituição, os suspeitos chegaram a ameaçar o servidor de morte, caso a quantia exigida não fosse paga. Os quatro foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal em Divinópolis, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante pelo crime de extorsão. Os vídeos mais vistos do g1 Minas:
Wed, 24 Jan 2024 02:45:47 -0000

Offers and services for you

  • LE MASSIF SPA

    Envelop yourself in the energy and essences of the alpine woodland and succumb to true wellness with our exclusive selection of rituals and treatments.

    The BIOAQUAM CIRCUIT includes indoor and outdoor jacuzzi (30 sqm), indoor and outdoor sauna, steam room, relaxation areas and spa buffet with infusions and detox snacks.

    PRIVATE SPA. A spa within a spa: rituals and relaxation in an exclusive setting, just for you. Experience unique wellbeing, alone or with a partner.  

    The SECRETS OF THE FOREST, enchanting itineraries, with treatments inspired by thousands of years of Alpine wisdom and therapeutic, precious products sourced from mountain meadows and woods.

  • CERVO ROSSO STEAKHOUSE

    The magical mood of the mountains tempts you to enjoy a glass of top-quality wine and meats infused with an unmistakeable grilled flavour. With us, traditional, authentic mountain flavours mean the best cuts of meat: an explosion of deliciousness that melts in the mouth.
    The carefully curated wine list, the splendour of the surroundings and the distinctive service will engage your senses and fill your holidays with memorable experiences at table too.

  • CHÉTIF RESTAURANT

    Our restaurant is a journey through the authentic flavours of our mountain cuisine and traditional Mediterranean cooking.
    Every day our chefs carefully prepare the best raw ingredients and proudly present the fresh pasta and desserts they have made in our kitchen with infinite passion and devotion. The carefully curated wine list, the splendour of the surroundings and the distinctive service will engage your senses and fill your holidays with memorable experiences at table too.

  • DEL GIGANTE BAR

    Our hotel bar is named after the “Dente del Gigante”, or Giant’s Tooth, a mountain peak more than 4,000 metres tall in the northern section of the Mont Blanc massif. After a day out on the slopes or exploring the mountains, treat yourself to a delicious afternoon tea, Italian aperitivo or glass of wine. Berni, our Bar Manager, is a real icon of Courmayeur Dolce Vita, don’t it miss it out.

  • LA LOGE DU MASSIF SKI LODGE


    Is your private ski lodge on the slopes of Plan Checrouit
    • Restaurant with indoor and outdoor areas
    • Bar and après-ski
    • 3 Terraces with 360° panoramic views on Mont Blanc glaciers
    • Kids club (3-12 years)
    • Ski concierge service and private ski-in/ski-out room with
    heated lockers and direct access to the slopes.



  • GIFT VOUCHERS

    The most beautiful gifts are made up of happiness, splendour and relaxation.
    Exactly what we offer at Le Massif, where every moment is created from the spirit of Italian hospitality.

    HOLIDAY GIFT VOUCHER
    Give the gift of a holiday in search of the most prestigious wellnes.

    CUSTOM GIFT VOUCHER
    Choose the value of your gift voucher and give the present of cherished relaxation and pampering.

    SPA GIFT VOUCHER
    A relaxing day at the natural spa.

    Info and reservations at reception.

This page was created in: 0.93 seconds

Copyright 2024 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info